quarta-feira, 19 de outubro de 2016

Bolotas a espreitar...

É no final do verão e início do outono que as bolotas, formadas na primavera, começam a aumentar significativamente o seu tamanho devido à maior taxa de acumulação de substâncias de reserva.

Nesta altura, o aquénio começa a salientar-se da cúpula, a qual, até agora, era a parte visível da bolota, protegendo o embrião no seu interior.

Bolota de Quercus faginea a "espreitar" no início de outubro, próximo da Serra de Sicó

Quando a acumulação de reservas estiver praticamente completa, o aquénio ficará mais escuro, tomando um aspeto mais "maduro", e tenderá a separar-se da cúpula, permitindo assim a dispersão da semente.

Mais algumas semanas e estarão prontas para o Dia Mundial da Bolota que se aproxima!

Fiquem atentos às novidades durante os próximos dias!

Sem comentários:

Publicar um comentário